Você sabe o que é SEO?

As técnicas de SEO aprimoram o posicionamento de sites, blogs e páginas da web

Izabela Solano [1]

Edilaine Felix [2]

Quem atua em agência de marketing ou estudou alguns conceitos de Marketing Digital, já deve ter ouvido essa palavra. O Search Engine Optimization, mais conhecido como SEO, significa, em tradução livre, Otimização para os Mecanismos de Pesquisa. Simplificando, SEO nada mais é que a otimização de uma página ou um site inteiro com o objetivo de gerar tráfego através das buscas orgânicas dos mecanismos de pesquisa, como o Google, Bing e Yahoo.

As técnicas de SEO aprimoram o posicionamento de sites, blogs e páginas da web. As buscas orgânicas são gratuitas e correspondem aos resultados de pesquisas primárias, onde as páginas da web e outros conteúdos – como vídeos ou lista de locais – são mostradas e classificados com base no que o algoritmo de busca considera mais relevantes para os usuários.

SEO para o Jornalismo 

Muitos jornalistas ainda torcem o nariz para o SEO, por acreditar que é um texto robotizado, cheio de repetições. Mas atualmente, é praticamente impossível tornar um conteúdo digital otimizado para buscas, sem usar alguma técnica de otimização. No jornalismo digital, o SEO é fundamental para aumentar a audiência, principalmente de sites ou blogs novos, que ainda estão construindo o seu público.

Muitos profissionais iniciam com um blog ou um site e começam a perceber a maneira correta de se comunicar através do digital. Ele usa a linguagem correta, utiliza palavras chaves, mas não da forma correta. Usando adequadamente todas as estratégias de SEO para cada conteúdo criado, você vai conseguir melhorar, e muito, suas posições nas buscas orgânicas.

Os gerenciadores de conteúdo – CMS (Content management system), como wordpress, joomla e outros, já possuem em sua plataforma, plugins de SEO, que orientam o desenvolvedor na criação das páginas, para deixar a deixar o mais otimizada possível. Esses plugins vão apontar quais as técnicas de SEO precisam ser aplicadas em cada página.

Há muita coisa que você pode fazer para otimizar seus conteúdos, para que eles possam ter um melhor desempenho nos resultados de pesquisa.

  • Escolha as melhores palavras-chave

É a palavra principal ou termo que descreve o assunto ou até mesmo tema de um texto. É a palavra que as pessoas devem buscar em um site de pesquisa para encontrar seu texto. São elas que irão definir a qualidade do público que você atrairá para seu site. E, caso perceba que as visitas que estão chegando não tem a ver com a persona que você criou, reveja seu planejamento de palavras-chave.

  • Use Permalinks

Permalink, ou link permanente, é o endereço de cada página dentro do seu site ou blog e é através dele que os buscadores irão rankear seus posts e páginas. Além disso, um bom link mostra aos leitores do que se trata o post, mesmo que o título não esteja aparecendo. Por isso, é importante que o permalink da sua página seja objetivo e utilize a palavra-chave escolhida para aquele conteúdo.

  • Meta descrições

Quando seu leitor faz uma pesquisa no Google, logo abaixo do título e do link aparece um pequeno texto descrevendo brevemente sobre o que é aquele conteúdo. Cada página deve conter uma meta descrição. Use frases simples e informativas. Os sites de busca irão verificar se a sua meta descrição é condizente com o conteúdo e se é relevante para o usuário.

  • Otimize as imagens

É essencial estar renomeada com a palavra-chave para cada imagem que você utiliza para ilustrar seus posts. Os sites de busca entendem que a imagem é relevante ao tema que o leitor está buscando e posiciona melhor para ser facilmente encontrada.

  • Títulos e Subtítulos

Os títulos dos seus posts devem conter a palavra-chave escolhida para aquele conteúdo e não devem conter mais que 67 letras para que sua página seja bem otimizada. Para subtítulos, não há limites de letras mas, assim como o título, é importante que contenha a palavra-chave, de alguma forma.

  • Evite erros de SEO

A maioria dos sistemas de gerenciamento de conteúdo para a internet possuem ferramentas para apontar erros de SEO e ajudá-lo a corrigir. Mas tem mais alguns erros que os plugins não conseguem apontar facilmente e você deve ficar atento:

  • Erros ortográficos

Escrever errado não dá, né? A primeira regra da produção de texto SEO é garantir que a ortografia esteja correta. Categorizar o conteúdo dos seus posts promovem um aumento do engajamento e do tráfego, mas o maior problema é que a má utilização das categorias pode desestimular o visitante a permanecer no seu site.

  • Conteúdo de baixa qualidade

Mesmo escrevendo corretamente e usando as palavras chaves, se o seu conteúdo não for original, ou seja, se ele for copiado de outros sites ou blogs, não terá a mesma relevância e não será tão bem posicionado quanto um site/blog ou conteúdo inédito. Conteúdo duplicado ou sem informações relevantes ao público também não é uma boa alternativa se a ideia é posicionar melhor sua página.

Seguindo essas dicas simples, qualquer profissional consegue iniciar um projeto de SEO em seu blog ou site, analisar o crescimento da audiência e sempre observar o posicionamento das páginas do seu site nos mecanismos de busca.

 

[1] Aluna do oitavo semestre do curso de Jornalismo. Estagiária da Agência Integrada de Comunicação (AICom).

[2] Professora do curso de Jornalismo. Atua na Agência Integrada de Comunicação (AICom).

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s