9ª Semana da Comunicação se encerra nesta sexta-feira

Entre os dias 21 e 25 de outubro ocorreram diversas oficinas, palestras e outras atividades espalhadas pelos campi Ana Rosa, Liberdade e Morumbi

Por Maria Carolina [1]

Carla Tôzo [2]

Ao longo da semana, a Escola de Comunicação do Centro Universitário FIAM-FAAM recebeu seus alunos e interessados durante a 9ª Semana de Comunicação, que promoveu encontros, debates e reflexões que enriqueceram a carreira acadêmica e profissional dos estudantes.

Na última noite (25), foram 12 atrações entre os períodos matutino e noturno, dentre elas as oficinas sobre as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e pesquisa em Comunicação voltada para indústria cultural e produção audiovisual, ministradas pelas professoras Simone Alves de Carvalho e Maristela Sanches Bizarro, respectivamente. Além da palestra com Rosana Mauro, com o tema “Desigualdade racial na telenovela: a construção da empregada negra versus a empregada branca”.

maristela
pesquisa em Comunicação voltada para indústria cultural e produção audiovisual com a professora Maristela Bizarro (crédito: Lais Fiocchi)

Os alunos participantes puderam garantir, por meio de um passaporte, horas de atividades complementares na categoria obrigatória.

Apenas um olhar

Com sala lotada e um público receptivo, a mostra “Exposição Digital – Fotos Icônicas” sob orientação de Carla Christiani e discentes, apresentou a maneira como o fotojornalismo, que deu seus primeiros passos na década de 30, consegue impactar o mundo com fotografias que contam histórias e marcam memórias. Alguns dos exemplos expostos causaram discussões na plateia, como no caso da célebre foto “O soldado caído” de Robert Capa, que até os dias de hoje, segue em contradição quanto a sua veracidade.

Para Christiani, que também contou a interessante história por detrás da capa da revista Rolling Stone em 1980 com o casal John Lennon e Yoko Ono pouco antes da morte do ex-integrante da banda The Beatles, as várias imagens da exposição mostram como um pequeno momento pode representar tudo. “Coisas que acontecem inesperadamente se transformam em fotojornalismo”, diz.

“Mão na massa”

A palestra “Audiovisual Independente” falou sobre os desafios e novas tendências deste mercado e área importante da Comunicação, que tem ganho cada vez mais espaço com produções nacionais de qualidade, principalmente quando se refere a indústria musical e cinematográfica.

Promovida por Flavio Cassio dos Santos, responsável pela produtora Dog Drão Filmes e Odair Silva, produtor musical e beatmaker, os presentes puderam ouvir os relatos de ambos os convidados sobre suas experiências, assim como também entender o início e a situação atual do audiovisual no Brasil, e tirar dúvidas quanto a empregabilidade e novas tecnologias que poderão ajudar na empreitada de seguir neste ramo de maneira autônoma ou como hobbie.

audiovisual
crédito: Lais Fiocchi

Flavio, que descobriu sua paixão pelo audiovisual enquanto trabalhava em uma famosa casa de show de Jazz, ressalta a importância de sempre acreditar em seu potencial e assim nunca deixar de acreditar nas possibilidades e lutar para que elas aconteçam. “É o que eu sempre digo: na pior ou melhor das hipóteses, voe”, diz.

[1] Aluna do quinto semestre do curso de Jornalismo. Monitora da Agência Integrada de Comunicação (AICom).

[2] Professora do curso de Jornalismo. Atua na Agência Integrada de Comunicação (AICom).

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s