“Olhos que condenam” foi um dos destaques do Emmy 2019

Na noite do dia 22 de setembro, o ator Jharrel Jerome ganhou o prêmio Emmy de Melhor Ator por sua atuação na série “Olhos Que Condenam”

Sarah Cecillia [1]

Edilaine Felix [2]

O Emmy Award é uma das premiações mais importantes para os programas e séries de televisão. Neste ano, Jharrel Jerome foi o mais jovem ao ganhar uma categoria, de melhor ator, com apenas 21 anos.

“Olhos Que Condenam” é uma série originalmente produzida pela Netflix. Foi criada e dirigida por Ava Marie DuVernay quem também é responsável por dirigir “Selma – A Marcha da Igualdade”.

A série é baseada em fatos reais, tem quatro episódios e conta a história dos “Cinco do Central Park” caso que ocorreu em abril de 1989, nos Estados Unidos, quando quatro negros e um latino americano foram condenados injustamente por um crime que não cometeram.

Korey Wise, Raymond Santana, Kevin Richardson, Antron McCray e Yusef Salaam foram induzidos pela polícia a confessarem um caso de estupro que teria acontecido na mesma noite em que um grupo de meninos negros saiu para fazer “arruaça” no Central Park.

Os meninos tinham de 14 a 16 anos e foram condenados mesmo sem existir nenhuma prova contra eles e ficaram presos até o verdadeiro criminoso confessar o crime, em 2002.

Jharrel Jerome interpretou Korey Wise. Na trama, Korey só foi à delegacia para acompanhar o amigo, Yusef Salaam, mas foi pego de surpresa quando a promotora do caso precisava de uma última peça para completar o quebra cabeça que os policiais teriam criado para fazer os meninos confessarem o crime.

Infelizmente por já ter 16 anos, idade em que nos EUA o adolescente já pode ser responsável pelos seus crimes e é encaminhado a uma cadeia como maior de idade, Korey foi o único a ter ido para o sistema penitenciário adulto, onde passou por diversas dificuldades.

Por ter sido acusado de crime de estupro, nas penitenciárias em que esteve foi brutalmente agredido pelos seus companheiros.

O último episódio da série mostra detalhadamente tudo que o menino passou, conta toda a sua história até o dia em que Matías Reyes (Reece Noi) encontrou com Korey no pátio da penitenciária e, por este ter se convertido, resolveu confessar o crime, inocentando Korey e os outros meninos.

Na série mostra claramente que Wise foi o que mais sofreu. Em seu discurso na noite em que recebia o Emmy, Jerome disse “Isso é para os homens que conhecemos como os ‘cinco inocentados’. Isso é para Raymond, Yusef, Antron, Kevin e Korey”.

 

[1] Aluna do oitavo semestre do curso de Jornalismo. Estagiária da Agência Integrada de Comunicação (AICom).

[2] Professora do curso de Jornalismo. Atua na Agência Integrada de Comunicação (AICom).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s