Mesa de conversa explora o jornalismo produzido no contexto social contemporâneo

Membros da APJor debatem sobre suas vivências e impressões acerca da formação e profissão jornalista

Por Maria Carolina [1]

Edilaine Felix [2]

Na manhã de sábado (10), ocorreu o segundo dia do Congresso Brasileiro de Jornalismo Ambiental, realizado pelo Instituto Envolverde e a Rede Brasileira de Jornalismo Ambiental (RBJA), a roda de conversa Profissão Jornalista, apresentada pela Associação Profissão Jornalista (APJor), contou com a presença de Caru Schwingel, Celso Bacarji e Fred Ghedini.

A jornalista e doutora em Ciberjornalismo, Caru Schwingel expôs a importância de ter locais para discutir de que forma está sendo produzido o jornalismo atual. “Nós vivemos uma sociedade em rede, uma sociedade conectada. O jornalismo ambiental vem sendo tratado de forma transversal, com troca de saberes e aproveitando o que as novas tecnologias podem proporcionar.”

COBERTURACONGRESSO_FOTO3
Caru Schwingel e Fred Ghedini (crédito: Maria Carolina)

Caru também destaca as novas metodologias no mercado. “Estive em uma palestra do Nilson Laje (jornalista) há dez anos, e ele disse que estávamos vivendo uma outra realidade nas faculdades de jornalismo, na qual lidávamos com apenas um tipo de jovem, aquele que quer produzir conteúdo, e o faz com suas próprias ferramentas.”

Produção de conteúdo

O debate sobre os meios de produção de conteúdo, principalmente o digital, permaneceu presente durante toda a palestra. Celso Bacarji, jornalista e diretor de comunicação da APJor, se mostrou receoso com o atual cenário. “Nossa profissão mudou muito, e está no que chamamos de crise disruptiva. Abala as estruturas de como sempre trabalhamos.”

COBERTURACONGRESSO_FOTO2 (1)
Fred Ghedini e Celso Bacarji (crédito: Maria Carolina)

Lidar com as mais diversas linguagens, além do chamado jornalismo multimídia se torna um desafio diário, já que antes existia um modelo rotineiro, com a entrada na redação e a certeza do que precisaria ser feito em relação ao seu trabalho e de acordo com o veiculo que esteja. “Hoje, o profissional faz desde a pauta até a edição final.”

[1] Aluna do quinto semestre do curso de Jornalismo. Colaborou com a Agência Integrada de Comunicação (AICom).

[2] Professora do curso de Jornalismo. Atua na Agência Integrada de Comunicação (AICom).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s