NECULT faz palestra sobre Michael Jackson

Homenagem se deve a morte do artista completar 10 anos no próximo mês

Texto: Luana Losimfeldt [1]

Fotos: Fabíola Tarapanoff [2]

Carla Tôzo [3]

O NECULT – Núcleo de Estudo de Cultura – projeto pensado e realizado pela professora Fabíola Tarapanoff, realizou na quinta-feira dia 23 a apresentação do documentário Michael Jackson’s This Is It. Lançado após a morte do artista, o documentário mostra as imagens de bastidores dos ensaios para sua turnê de retorno, que deveria ocorrer no verão londrino daquele ano (2009).

Após o filme, houve uma palestra guiada pela professora Fabíola e pelo estudante de jornalismo do 7° semestre, Tarcísio Alves. Os alunos presentes ainda tiveram a oportunidade de declarar sua história de amor com o cantor, assim como comentar alguns acontecimentos que envolveram a vida do rei do pop.

No dia 25 de junho de 2009 o astro da música faleceu, mas após esse tempo sua influência continua evidente por todo mundo. “Ele serve como uma inspiração para gente e para todos os artistas que ainda virão por aí,” declara Bárbara, estudante de jornalismo do 7° semestre.

Para Fabíola, o perfeccionismo do artista é um dos motivos que o leva a ser tão lembrado. “Ele trouxe passos muito icônicos e isso acabou fazendo sucesso e escola. Tanto que ele é uma referência a muitos outros artistas, Justin Timberlake, Pharrel Willians, e muitos outros seguem o Michael Jackson desde que ele começou.”

A professora ressalta o quão importante é para os estudantes de comunicação conhecerem o cantor e o porquê ele era um ícone da mídia. “Muitas pessoas duvidam da morte dele, para você ver como ele é tão importante como o próprio Elvis que as pessoas também duvidavam da morte porque ele passou fronteiras. A música dele deixou um legado, Thriller foi o álbum mais vendido de todos os tempos, ele ganhou todos os álbuns de ouro possíveis.”

[1] Aluna do sexto semestre do curso de Jornalismo e estagiária da Agência Integrada de Comunicação (AICom).

[2] Professora do curso de Jornalismo e coordenadora do NECULT (Núcleo de Cultura).

[3] Professora do curso de Jornalismo. Atua na Agência Integrada de Comunicação (AICom).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s