Empreendedorismo e novos padrões de consumo é assunto de abertura do Fórum de Sustentabilidade

Evento ocorrerá nos dias 20 e 21 de maio no Centro Universitário FIAMFAAM

Por Letícia Frozi e Thais Barsotti [1]

Edilaine Felix [2]

O Centro Universitário – FIAMFAAM recebe nos dias 20 e 21 de maio o Fórum de Sustentabilidade com palestras nos horários da manhã (das 9h00 às 11h00) e à noite (19h00 às 9h00). O “Empreendedorismo e Novos Padrões de Consumo” e para falar sobre o assunto, estiveram presentes Andressa Batelochio, Ricardo Oliani e Eber Souza.

Na palestra foram debatidos sobre os principais temas que cercam a sustentabilidade, entre os tipos de desenvolvimento sustentável que existem, trabalhos criativos realizados por diversas pessoas e incentivos para a melhoria do ecossistema.

Como exemplo de projetos na melhoria da sustentabilidade, temos a iniciativa do Eber Souza, diretor geral da Ecoassist, uma empresa especializada em serviços que visam o desenvolvimento social, o consumo consciente e responsável, com o intuito de recolher lixos abandonados, como sofá, eletrodomésticos, entre outros.

Segundo Eber a comunicação e o empreendedorismo são importantes para a divulgação e melhoria do ecossistema. “Sem dúvida o empreendedorismo e também a comunicação são fundamentais, hoje temos poucas empresas que tem essas iniciativas, elas têm crescido ultimamente, mesmo que ainda de uma forma muito informal, podemos fazer muitos negócios, gerar emprego, criar empresas, não só pensando em falta de renda, de emprego, mais sim pensando no meio ambiente’’, conclui.

auditório
Alunos participam da palestra de abertura do Fórum de Sustentabilidade (Letícia Frozi e Thais Barsotti )

Ricardo Oliani, além de ser editor no portal Mercado Ambiental, é também criador de jogos, que tem como intuito trazer conteúdos e facilitar a interação de quem participa em iniciativa e atitudes mais sustentáveis. “No jogo eu permito que você assuma papéis que talvez na sua vida você não seja, então eu posso fazer um jogo onde você possa ser um consumidor consciente. Os jogos funcionam para educação infantil, a fundamental, ensino médio e estamos iniciando no mercado corporativo.’’

Para a agente de transformações Andressa Batelochio, a educação é uma das partes fundamentais na orientação de uma boa sustentabilidade. “A educação deve vir primeiro da base, a sustentabilidade deve ser transversal não só apenas um projeto, como  por exemplo na educação, que esteja dentro da gestão e que os professores possam passar isso de uma forma natural, como Matemática e Português, com aulas de desenvolvimento sustentável e logística reversa’’.

Hoje no horário da noite, às 19h, o tema da palestra será “Sustentabilidade no meio urbano e as representatividades na mídia” com a presença de José Valverde, Andrea Vialli e Sergio Shigeeda. O Fórum de Sustentabilidade segue até o dia 21/05, no auditório do campus Ana Rosa.

 

[1] Alunas do sétimo semestre do curso de Jornalismo e estagiárias da Agência Integrada de Comunicação (AICom).

[2] Professora do curso de Jornalismo. Atua na Agência Integrada de Comunicação (AICom).

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s