Osmar Santos é homenageado no encerramento da III Semana de Rádio e TV, Audiovisual e Multimídia

O estúdio de rádio do FIAMFAAM terá o nome do grande locutor esportivo, conhecido como o pai da matéria  

Texto: Rodrigo Santos [1]

Vídeo: Ana Luiza Antunes [2]

Edilaine Felix [3]

A noite que encerrou o ciclo de palestras da III Semana de Rádio e TV, Audiovisual e Multimídia, na sexta-feira, dia 26 de abril,  contou com a presença de grandes nomes do mercado: Douglas Miquelof, gerente de projetos especiais da CBN/Globo, Oscar Ulisses, locutor esportivo da CBN/Globo, além da presença ilustre de Osmar Santos, radialista e locutor esportivo, que foi o homenageado da noite.

O reitor do Centro Universitário FMU-FIAM-FAAM, Manuel Nabais da Furriela, destacou a importância da presença do Osmar Santos no último dia de evento. “É muito representativo a presença de um dos maiores locutores, provavelmente o maior locutor, narrador esportivo que o Brasil já teve.” Ele também falou da importante participação dele na década de 1980 na realização das eleições diretas no País : “Osmar Santos  foi a grande voz das manifestações a favor da escolha direta dos representates do Brasil, principalmente do presidente da República.”

osmar_reitor
reitor Manuel Nabais da Furriela (crédito: Laura Yoko)

De acordo com Furriela a Semana “traz oportunidades para além da sala de aula, mas também de conhecer personalidades, pois participar de palestras é importante para que os alunos vejam a força do curso e que tenham contato direto com a profissão”, afirmou.

O homenageado da noite

Osmar Santos foi ovacionado ao entrar no auditório. O homenageado da noite, que agora passará a ter seu nome no estúdio de rádio do FIAMFAAM, sorriu, fez sinais de joia com dedo e tirou muitas fotos.

osmar-3.jpg
Osmar Santos cumprimenta os alunos. (crédito: Laura Yoko)

Em sua brilhante carreira, o “pai da matéria”, como ficou conhecido, trabalhou nas emissoras de rádio Jovem Pan, Record e Globo e na televisão atuou na Globo, Record e Manchete. Ficou conhecido pela agilidade na narração e pelos jargões tais como “ripa na chulipa e pimba na gorduchinha”, e “iiiiiiii que golllllllllllllllll”, a cada vez bola na rede.

No dia 22 de dezembro de 1994, ele sofreu o grave acidente que afetou a parte de seu cérebro responsável pela comunicação, desde então ele, após muitas sessões de fisioterapia e fonoaudiologia, ele voltou a pronunciar palavras, além de ter recuperado parte da coordenação motora.

O seu irmão Oscar Ulisses agradeceu a homenagem em nome de Osmar e contou um pouco da trajetória do irmão. “Um grande comunicador das narrações esportivas, em programas esportivos e de entretenimento no rádio e na televisão. Devido a um acidente automobilístico em 1994, Osmar Santos lamentavelmente ficou com sequelas e perdeu a fala ou grande parte dela”, disse Ulisses que agradeceu o carinho: “eu, em nome do Osmar falo muito obrigado, pela atenção, pelo carinho e por ter o nome do Osmar colocado aqui na FMU”, finalizou.

A rádio hoje

Para encerrar a última noite de palestras, Douglas Miquelof ainda contou como o rádio sobrevive com a tecnologia, uma vez que a convergência de mídias apresenta um cenário de grandes mudanças no processo de produção/distribuição da informação.

“O que é determinante hoje para a audiência é o conteúdo. Há alguns anos a gente já entendeu que produzimos conteúdo em áudio, com excelência, seja ele entretenimento, música, esportes ou informação e notícia, e a partir daí a gente constrói o conteúdo dentro da jornada de consumo das pessoas e quais às plataformas elas buscam pra acessar esse conteúdo”, contou.

Miquelof fala da importância do Osmar Santos para o Brasil. “Ele representa dentro da caixinha de locução, pontos de viradas, ele que trouxe inteligência para dentro da narração esportiva. Ele é referência para todos os locutores de rádio do Brasil”, disse.

Confira o vídeo da mesa em homenagem a Osmar Santos 

 

[1] Aluno do oitavo semestre do curso de Jornalismo e estagiário da Agência Integrada de Comunicação (AICom).

[2] Aluna do quinto semestre do curso de Jornalismo e monitora da Agência Integrada de Comunicação (AICom).

[3] Professora do curso de Jornalismo. Atua na Agência Integrada de Comunicação (AICom).

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s