Palestra sobre afrofuturismo abre atividades em comemoração a Semana da Consciência Negra

Evento contou com a presença do rapper Rincon Sapiência e mostra de curtas

Gabriele Sales [1]

Carla Tôzo [2]

Em comemoração ao Dia da Consciência Negra, o Núcleo de Estudos Étnicos-Raciais (NERA) do Complexo Educacional FMU|FIAAM-FAAM promoveu diversas atividades. Na manhã do dia 21 no auditório do campos Ana Rosa os alunos puderam participar da roda de conversa sobre afrofuturismo, cinema negro, raiz africana e educação antirracista.

Para a professora, cMaria Lúcia Silvia, coordenadora do NERA é importante conhecer o interesse dos alunos sobre o tema: “Existe uma lei na qual todas as faculdades devem ter atividades, assim como disciplinas, com relação a cultura africana e indígena. Os eventos ajudam a reforçar o que é dado em sala de aula. Nós temos a possibilidade de trazer pessoas que estejam fora da área acadêmica e também colegas de outras instituições que nos ajudam a debater as questões referente a cultura afro-brasileira”, afirma.

RINCON 3
O rapper Rincon Sapiênci participa de debate com alunos (crédito: Gabriele Sales)

As estudantes de Publicidade e Propaganda Beatriz Costa e Marina Andre, ficaram sabendo da palestra através das redes sociais do cantor Rincon, que foi o palestrante do dia.  “Nós não estudamos aqui, ficamos sabendo através do Instagram do Rincon. Na nossa faculdade não tem um núcleo de afrodescendentes, nós debatemos em sala de aula, mas eu acho extremamente importante ter eventos desse tipo voltado para os estudantes”, comenta Beatriz.

Para o cantor e produtor musical Rincon Sapiência o afrofuturismo está presente no dia a dia através da tecnologia. “Quando eu vou contar uma história, vou reproduzir uma estética, penso em qualquer tipo de linguagem e com as referências afro eu posso trazer isso para o contemporâneo, o eletrônico e para a tecnologia. É interessante esse link”, declara.

Após a palestra foi apresentada uma mostra de curtas e filmes com a coordenação da cineasta Thais Scabio.

 

[1] Aluna do sexto semestre do curso de Jornalismo e monitora do Núcleo de Estudos Étnicos-Raciais (NERA).

[2] Professora do curso de Jornalismo. Atua na Agência Integrada de Comunicação (AICom).

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s