Ação Saúde da FMU oferece serviços para a comunidade

Evento realizado pelos cursos da área da saúde da FMU realiza o 17º ano com atividade para o público geral

Por Christian Cavalcanti [1]

Edilaine Felix [2]

O campus Santo Amaro da FMU estava de portas abertas e repleto de jalecos brancos na sexta-feira, dia 18 de outubro.  Alunos, professores, funcionários e a comunidade geral foram até o local para participar da XVII Ação Saúde, evento que oferece serviços de saúde para todos os interessados.

O atendimento é variado, desde orientação médica veterinária, orientação nutricional, conscientização bucal, massagens, tratamento estético, atendimento psicológico, fonoaudiológico, de fisioterapia – como prevenção de queda -, de musicoterapia, de serviço social, até exames para detecção de Hepatite C, HIV, de glicemia, aferição de pressão arterial, dicas para a prevenção de câncer de mama e de doenças sexualmente transmissíveis.

A coordenadora do curso de Biomedicina, Daniela Vidotti, e uma das organizadoras do evento conta que no ano passado foram mais de 10 mil atendimentos e que a instituição espera superar essa marca este ano.

Atendimento

Quem procura atendimento clínico e tenha algum problema identificado já deixa o local com um encaminhamento para tratamento – que poderá ser feito na clínica-escola da FMU ou num local de preferência. Foi o que aconteceu com Luzia dos Santos (64), que mora próximo do campus Santo Amaro, desconhecia o evento e só ficou sabendo por conta das amigas de caminhada que avisaram a ela.

“Primeira vez que participo do evento e já estou amando. Fui à fonoaudióloga, detectaram um problema na fala e o mais legal é que já me indicaram um especialista para dar continuidade no tratamento”, disse com um sorriso no rosto.

Quem realizava exames de sangue, por exemplo, recebia o resultado em até 1 hora. As amigas Mayara Ribeiro (25), Nathália da Silva (20) e Ana Julia (21), alunas de Medicina Veterinária aproveitaram para fazer um check-up. Elas verificaram a pressão arterial, realizaram exame de sangue, exames de mama, e outras atividades de cuidados com o corpo.

Mayara ressalta que é importante a universidade abrir as portas para o público em uma ação como esta,  que permite aos alunos colocarem em prática o que estão aprendendo, além de beneficiar a comunidade que consegue ter acesso a consultas e exames.

Ruy Peçanha (66) que é cantor, ficou muito feliz em conseguir realizar exames de fonoaudiologia e descobrir que precisa de tratamento.“Eu sempre passo por aqui e nunca imaginei que um evento como esse estaria disponível pra mim. Agora que sei, vou tratar da minha dicção”, conta.

Abertura do evento com auditório lotado

 

[1] Aluno do quarto semestre de Jornalismo e estagiário da Agência Integrada de Comunicação (AICom)

[2] Professora do curso de Jornalismo. Atua na Agência Integrada de Comunicação (AICom).

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s