O Plano de Ataque de Osama Bin Laden

Descubra os detalhes do dia que mudou a história dos norte americanos

Por João Estumano Neto [1]

Carla Tôzo [2]

 

O livro Plano de Ataque (Objetiva, 280 páginas, 2006, R$ 59,90), escrito pelo jornalista e economista Ivan Sant’Anna, narra com detalhes os últimos momentos de vários personagens dos ataques da organização terrorista Al Qaeda no dia 11 de setembro de 2001. Entre a história das vítimas, dos bombeiros, dos terroristas e até a jornada do presidente George W. Bush naquele dia fatídico, o autor viaja pela linha temporal da história diversas vezes, tentando se apresentar como o narrador de um enorme documentário.

O livro é dividido em fases. Primeiramente é apresentado o momento em que os aviões atingem o World Trade Center, depois começa toda a história e o desenrolar do planejamento dos ataques com a apresentação de uma grande cadeia de eventos que começou no ano de 1993, quando houve o primeiro atentado ao World Trade Center. Em seguida aparece alguns perfis dos terroristas que conduziram os aviões contra os prédios. Também é revelada boa parte da vida do vilão Osama Bin Laden que vai desde a sua luta de resistência contra a invasão soviética no mundo árabe na Guerra Fria, até a transformação do guerrilheiro em “Samaritano” e a criação de sua organização terrorista.

Avião batendo no WTC
Uma das imagens  que compõe o livro

Na segunda fase da leitura, é meticulosamente descrito como a Al Qaeda conseguiu fazer a lavagem cerebral na cabeça dos jovens estudantes árabes que moravam na Alemanha e como eles se tornaram terroristas psicopatas. Além disso, descobrimos com era feito todo o treinamento militar dentro das instalações terroristas e até a vida que levaram nos Estados Unidos durante um ano, enquanto estavam aprendendo as técnicas de pilotagem para guiar os aviões como mísseis.

Na terceira parte da história, é narrada toda a sequência de eventos do dia do atentado. O autor busca um tom muito dramático ao retratar a trajetória de algumas vítimas, incluindo passageiros dos aviões e funcionários dos edifícios atingidos. É possível sentir o lado humano e o ambiente de trabalho dos cidadãos americanos nos alvos daquele dia ao passo em que vemos o clima de terror das pessoas nas ruas. Ao mesmo tempo, conhecemos as relações fraternais dos familiares próximos que contam como enfrentaram as grandes perdas naquele momento.

Chama atenção a enorme pesquisa que o autor fez para escrever esta obra, cerca de cinco anos. O ritmo que é imposto no decorrer da história, com uma linguagem simplificada e agradável acaba por ser bastante satisfatório e dinâmico. Ao longo das páginas, o tempo acaba sendo irrelevante para o leitor pois o impacto dos fatos e a riqueza de detalhes acaba prendendo sua atenção e curiosidade.

O livro é recomendado para leitores que possuem um grande fascínio por entender a história mais profunda de fatos específicos e para entusiastas do mundo da aviação. No final, o autor descreve o importante legado que os ataques deixaram para o aprimoramento da segurança da aviação, tornando-a atualmente como o meio de transporte mais seguro e confortável para se viajar.

[1] Aluno do segundo semestre de Jornalismo e estagiário da Agência Integrada de Comunicação (AICom)

[2] Professora do curso de Jornalismo. Atua na Agência Integrada de Comunicação (AICom).

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s