Após 3 anos de funcionamento, aplicativo do SUS conta com mais de 1 milhão de usuários

O app do Ministério da Saúde está disponível nos sistemas Android e IOS

Por Raisa Correia [1]

Edilaine Felix [2]

O aplicativo Meu DigiSUS, lançado há 3 anos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), já foi baixado por cerca de 1,2 milhão de pessoas. Esse serviço é disponibilizado gratuitamente pelo Ministério da Saúde e possibilita a população acompanhar consultas, visualizar o histórico de solicitações e a posição na fila do Sistema Nacional de Transplantes, entre outras utilidades relacionadas à saúde pública.

O app também permite que os pacientes atuem como fiscais dos serviços prestados, através da avaliação do atendimento realizado, bem como, fraudes do sistema de qualquer local do país.

Para o primeiro acesso ao aplicativo, é preciso baixa-lo na loja virtual, inserir CPF, nome da mãe e e-mail. A partir disso, o sistema irá localizar o seu cartão e enviará para o endereço de e-mail que foi cadastrado uma mensagem de certificação de segurança. Em seguida, o número do Cartão Nacional de Saúde do usuário cadastrado irá aparecer e permitirá o acesso as suas informações de saúde.

Serviços

Por meio desta mesma plataforma móvel oficial do SUS é possível encontrar os hospitais e unidades de saúde mais próximas, certificar-se das farmácias participantes do Farmácia Popular – programa criado com o objetivo de oferecer à população uma alternativa de acesso aos medicamentos considerados essenciais – e acompanhar quais medicamentos já foram retirados.

Além de uma linha do tempo de cada atendimento feito pelo SUS, o Cartão Nacional de Saúde do paciente e os dados pessoais, trazendo também informações sobre nutrição e alergias.

Dentro do Meu DigiSUS estão cadastradas 19.788 Unidades Básicas de Saúde (UBS) já informatizadas em 3.780 municípios, com 106.179.196 de usuários. No total, são 11 sistemas integrados ao aplicativo, entre eles: Cadastro Nacional de Usuário do SUS (CADSUS), Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), Farmácia Popular e Sistemas Nacional de Transplantes (SNT), de Regulação (SISREG), de Atenção Básica (e-SUS AB), Hemovida.

Para quem não conseguir acessar o aplicativo, segundo o Ministério da Saúde, é necessário que o usuário procure a unidade de saúde mais próxima para que o cadastro seja realizado. E para demais dúvidas, o número da Ouvidoria do SUS, é o 136.

 

[1] Aluna do sexto semestre de Jornalismo e monitora da Agência Integrada de Comunicação (AICom)

[2] Professora do curso de Jornalismo. Atua na Agência Integrada de Comunicação (AICom).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s