Planeje-se para não entrar no vermelho  

Um dos grandes problemas enfrentados pela maioria dos estudantes é o gasto excessivo, mas com planejamento é possível pode passar o mês tranquilo   

Por Marcelo Coelho [1]

Edilaine Felix [2]

Durante o período da faculdade, os estudantes costumam gastar demais. Além do pagamento da mensalidade, tem gastos com lanches, impressão de textos, trabalhos, compra de livros e transporte. Algumas vezes, é alguma necessidade urgente, outras apenas capricho, e quando chega o fim do mês percebemos que a conta não fechou.

Os gastos com a faculdade vão atingir todos estudantes, não importa se são bolsistas ou as mensalidades são pagas pelos pais. Todos precisarão chegar à faculdade, na hora do intervalo estarão com fome e no dia de entrega do trabalho precisarão imprimir suas atividades para o professor. E, para tudo isso, precisamos de dinheiro.

Mas entender que alguns empecilhos financeiros fazem parte da vida acadêmica é a melhor forma de se planejar e fazer o dinheiro render até o fim do mês.

Existem gastos que podem ser evitados apenas com um bom planejamento do dia a dia. Se o aluno tem a possibilidade de imprimir o seu trabalho em casa e já levar pronto para a faculdade é aconselhável que assim o faça, pois, além de passar tempo na fila vai gastar cerca de 30 a 40 centavos de impressão, que com certeza farão falta mais para frente.

Organização

Outra dica importantes para economizar durante a faculdade é levar o seu próprio lanche de casa, já que grande parte dos estabelecimentos no entorno são caros. Refletir se é realmente necessário comprar aquele livro que o professor pediu em sala, já que grandes obras estão disponíveis de graça para download, em sebos e em feiras com até 70% de desconto.

Toda essa carga estressante que o estudante acumula durante o semestre precisa ser liberada e para relaxar, muitos saem para se divertir. Mas sempre com prudência, sair todo final de semana não é saudável para os bolsos, além de que fazer um programa em casa não é de todo mal.

Conhecer o quanto ganha e quanto gasta é a chave para toda pessoa ter uma vida financeira equilibrada, assim não excederá os limites de consumo. O aluno não precisa se privar de comprar na hora do intervalo ou deixar de ir com o carro toda vez, basta ter a consciência de que exageros nunca são saudáveis, principalmente para o bolso.

 

[1] Aluna do sexto semestre de Jornalismo e monitor da Agência Integrada de Comunicação (AICom)

[2] Professora do curso de Jornalismo. Atua na Agência Integrada de Comunicação (AICom).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s