Projetos de pesquisa preparam estudantes para o mercado e para a área acadêmica

Os trabalhos dos alunos de graduação e pós-graduação foram apresentados no campus Santo Amaro 

Por Letícia Fernandes [1]

Edilaine Felix [2]

Alunos de todos os cursos do Complexo Educacional FMU|FIAMFAAM participaram, no sábado, dia 28 de outubro, do V Simpósio Interdisciplinar de Pesquisa. Eles apresentaram pesquisas acadêmicas de iniciação científica, trabalhos de conclusão de curso e dissertações de mestrado, desenvolvidas nas mais variadas temáticas e áreas do conhecimento.

O coordenador do Grupo de Trabalho do V Simpósio Interdisciplinar e professor do mestrado em Saúde Ambiental da instituição, Jefferson Russo Victor, conta que o grupo foi criado para dar mais dinamismo ao evento. E deu certo. No primeiro semestre, eles definiram os objetivos e decidiram que o evento precisaria ser multidisciplinar.

“A presença de alunos neste ano é maior, a quantidade trabalhos também. E acreditamos que o aumento na participação é principalmente pelo método que não é mais somente apresentação oral, mas também com exposição do trabalho em pôster. A sessão de pôsteres melhora a interação e a interdisciplinaridade. ”

As apresentações orais foram feitas em salas de aula e a sessão de pôster no pátio do campus com os professores da casa atuando como avaliadores dos projetos. A avaliação consistia em mensurar os métodos utilizados, a capacidade de organização dos dados coletados e a relação da pesquisa com a base curricular proposta pelo curso.

poster
Sessão de pôster no saguão do campus Santo Amaro

Gisele Hime, professora da graduação e do mestrado profissional em jornalismo, levou duas alunas orientadas de iniciação científica para apresentar suas pesquisas e também avaliou outros trabalhos. “A iniciação científica é importante, prepara o aluno para o exercício da pesquisa, consolida o e desenvolve procedimentos metodológicos apresentados, auxilia na compreensão e na consolidação de conteúdos teóricos desenvolvidos na base curricular e prepara o aluno para prosseguir na vida acadêmica, seja para especialização ou mestrado. Também é importante no mercado de trabalho, principalmente em Jornalismo, é fundamental para ter experiência profissional e valorização de currículo”, ressalta Gisele.

Aprofundar conhecimentos

Para a aluna Janaína Santos de Oliveira, do 6º semestre de Jornalismo, o importante da iniciação científica é entender pesquisas de campo e metodologias, “para entrar preparada no mercado de trabalho, principalmente para quem quer seguir a área acadêmica”.

Por sua vez, a aluna do 4º semestre de Pedagogia, Stephanie Santa de Jesus Aguiar, escolheu fazer a iniciação científica para se aprofundar mais sobre o Método Montessori para crianças de um ano e meio a três anos. “Escolhi o tema porque muitas escolas tentam aplicar o método, mas não conseguem, pois não sabem como funciona e o que é. Maria Montessori observou e estudou crianças não para transformar, e sim para descobri-las”, esclarece a aluna.

O trabalho dela destaca os períodos sensíveis, um estudo de Maria Montessori que revela que a criança tem um período de autonomia no aprendizado. Esse estudo diz também sobre a importância do tato, da música e da linguagem.

gabriela e stephanie
Alunas do 4º semestre de Pedagogia apresentam trabalho de IC. Gabriella Guedelha Romão e Stephanie Santa de Jesus Aguiar (da dir. para esq.)

Gabriella Guedelha Romão, também aluna do 4º semestre de Pedagogia, escolheu um tema que está presente em seu cotidiano para estudar na iniciação científica,  o autismo e a literatura infantil. “O meu trabalho traz algumas definições do que é transtorno espectro autista (TEA) e as áreas afetadas, que são o meio linguístico e social, e também a importância da literatura infantil no desenvolvimento da criança para socialização na sala de aula. O objetivo é poder, por meio da leitura de narrativa, aproximar o aluno autista das outras crianças”, diz Gabriela.

Construir pontes

A professora de literatura infantil e métodos e práticas no curso de Pedagogia, Simone Gor, afirma: “A iniciação científica é de suma importância para que a universidade possa construir essa ponte entre teoria, pesquisa, percurso acadêmico e a própria prática. Especialmente no curso de Pedagogia, ela se faz muito importante, porque os professores também são pesquisadores e construtores de conhecimento, e elaboradores dessa teoria na prática do dia-a-dia no desenvolvimento das habilidades dos seus alunos”.

Simone destaca que nessa edição do Simpósio os temas são bastante pertinentes e atuais, envolvidos com as grandes mídias, as políticas públicas, os gêneros, a inclusão, a diversidade que são coisas importantes na pesquisa científica. “A ideia da multidisciplinaridade das salas também faculta esse olhar amplo dos alunos para os outros cursos e as outras grandes áreas”, complementa Simone.

prtrofessora simone e as alunas
Professora Simone Gor (à esq.), com alunas que apresentaram trabalhos de iniciação científica.

Em seu segundo projeto de iniciação científica, o estudante do 8º semestre de Relações Internacionais, Kayque Ferraz, reconhece a importância de fazer pesquisas para ter métodos de desenvolvimento de estudos, além de contribuir para a elaboração de um trabalho de conclusão de curso.

A escolha do tema dessa 2ª iniciação é identidade cultural segundo Stuart Hall – um teórico e sociólogo cultural jamaicano que viveu e atuou no Reino Unido a partir de 1951 –, ele diz sobre as construções de identidade para os diferentes sujeitos nos diferentes contextos históricos. “Esse tema tem relação com o meu TCC, que fala sobre a identidade internacional do Brasil, uma coisa está complementando a outra”, diz Ferraz.

 

[1] Aluna do segundo semestre de Jornalismo e monitora da Agência Integrada de Comunicação de Comunicação (AICom).

[2] Professora do curso de Jornalismo. Atua na Agência Integrada de Comunicação de Comunicação (AICom).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s