ESPECIAL 45 ANOS: “Foi por causa do rádio que eu decidi fazer jornalismo”

Formada no FIAM-FAAM em 1997, Maria Lucia, que é deficiente visual, conta em um vídeo suas experiências, alegrias e dificuldades durante o curso e na atuação como jornalista
Por Laura Yoko [1]
Edilaine Felix [2] 

O rádio sempre encantou Maria Lúcia do Nascimento, jornalista formada pelo FIAM-FAAM em 1997 e que hoje, aos 52 anos, trabalha na assessoria de imprensa da Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo.”A gente que é cega adora ouvir o rádio porque ele tem a função de descrever as imagens. Foi por causa dele que eu decidi fazer jornalismo”. O que para muitos é apenas um meio de comunicação, para outros é o início de uma carreira.

Segundo Lucinha, como é conhecida, quando ela estava na faculdade não era tão simples como hoje em dia, mas com a ajuda de colegas e professores ela conseguiu se formar. Ela conta, por exemplo, que teve o apoio da instituição para fazer as provas. ” A faculdade  contratou uma especialista em braile que escrevia de caneta em cima do que eu escrevia em braile, conta a agradecida jornalista. “Eu quero agradecer o FIAM, porque hoje eu sou uma jornalista, e isso é muito bom.”

Confira abaixo a entrevista completa com a jornalista Lucinha

 

[1] Aluna do sexto semestre de Jornalismo e monitora da Agência Integrada de Comunicação (AICom).

[2]Professora do curso de Jornalismo. Atua na Agência Integrada de Comunicação. Atua na AICom.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s