Ex-alunos Fiam-Faam compartilham experiências

Ex-alunos de RTV e Jornalismo se reúnem em mesa sobre o mercado audiovisual

Por Noemi Batista
Editado por Mayara Lobato

Ex-alunos Fiam-Faam compartilham experiências
O coordenador de RTV Fernando Leme e o professor Giovani Pagliusi apresentam os convidados.

Ex-alunos da Fiam-Faam Centro Universitário se reuniram na noite desta quarta-feira, 27 de outubro, no Auditório do campus Ana Rosa, para uma conversa com os atuais alunos sobre suas experiências e sobre as perspectivas do mercado audiovisual no Brasil. Hugo Bim, Rubens Machado, Tiago Takami e Wagner Bonilla são graduados em Rádio, TV e Vídeo do ano de 2006 e estavam acompanhados de Denise Vieira Pinto, que se formou em 1995 no curso de Jornalismo.

O coordenador de RTV Fernando Leme abriu a mesa falando sobre a satisfação de receber os ex-alunos na faculdade novamente. Os participantes da mesa foram apresentados por Giovani Pagliusi, também graduado da turma de 2006 e que é professor no Fiam-Faam. Eles abordaram diversos assuntos, como websérie e cinema, e apresentaram exemplos de seus trabalhos. O palestrante Hugo Bim, que trabalha como finalizador, foi quem deu início à conversa, exibindo para o público um vídeo sobre os trabalhos da produtora em que atua e do pré-indicado ao Oscar “O Pequeno Segredo”.

Hugo falou sobre o sentimento de voltar à faculdade depois de dez anos e as lembranças da entrada no mercado de trabalho, como estagiário no programa do Netinho. Ele explicou que foi lá que passou a ter noção do funcionamento do audiovisual, de sua manipulação e direcionamento para determinados interesses. Em entrevista à Agência Integrada de Comunicação (AICom), o profissional falou sobre desafios na carreira e deu dicas aos futuros profissionais: “Assistam muitos filmes, absorvam o ambiente à sua volta, porque isso é fundamental para criação, para pensar novas ideias”, ressaltou.

Também em entrevista à AICom, Denise Vieira Pinto comentou que a produção do audiovisual ocorre no país todo, porém, apesar de grandiosa, é mais centralizada em São Paulo e no Rio de Janeiro, já que a mídia toda se centraliza mais nesses dois locais. “A população em São Paulo também é maior e acho que os profissionais de televisão se concentram mais aqui. E, ainda, a mídia de São Paulo aparece mais que a do resto do Brasil”, finalizou a jornalista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s